Buscando a notícia para você desde 2007 - Costa do Sol - Ano 10 -

Homem morre em ônibus lotado. Galera fez manifestação.

Hoje pela manhã, um homem morreu depois que passou mal dentro de um ônibus lotado, que fazia a linha Arraial X Figueira. Segundo informações, o coletivo estava com o número muito alto, acima da lotação permitida que é de 85 passageiros, então a vítima teria passado mal, sofrendo um infarto . Os passageiros pediram para que o motorista parasse o carro, então tiraram a vítima, onde populares deram massagem cardíaca. Simultaneamente solicitaram um motorista de um carro, que passava no local naquele momento, para que o levasse para o Hospital Geral de Arraial. Infelizmente, a vítima não resistiu e faleceu a caminho, chegando em óbito. Identificado como Jailton da Silva Bento 57 anos, era morador de Monte Alto, tinha problemas com as diabetes, que estava controlada. Ele estava indo, exatamente, ao hospital pegar os exames que fez na semana passada .
Os passageiros do ônibus se revoltaram com a situação. Atribuem a morte do Jailton ao fato do coletivo estar com aproximadamente 120 pessoas, onde mal se podia se mexer. Por isso desembarcaram e realizaram uma manifestação, fechando a rodovia,, impedindo que o veículo saia do lugar, assim como outros que também seguiam no mesmo e no sentido contrário.


Luiz Gustavo, Gerente de tráfego, esteve no local e conversou com a população tentando liberar os carros e a pista ."Nós estamos com um problema ainda em consequência dos últimos acontecimentos, onde perdemos vários veículos. Nossos motoristas estão sobre pressão, alguns faltaram, estão em choque. As pessoas não sabem o que é sair para trabalhar e ser ameaçado de ter o corpo em chamas. Ser abordado por elementos de moto, trabalhar com medo. O que aconteceu aqui, com o ônibus lotado é uma consequência exatamente disso. Faltaram veículos para atender, o que está sendo normalizado aos poucos. Vou agora para o hospital para ajudar a família e a Salineira vai dar todo o suporte. O que peço é para que liberem os ônibus e os motoristas para que possamos agilizar tudo." Declarou indo em direção ao hospital para confirmar o falecimento.
No hospital, um representante da empresa esteve a todo o momento com a família. Uma assistente social foi encaminhada para o local onde dará todo o suporte neste momento difícil.
A polícia conseguiu liberar a pista e o ônibus em que estava a vítima foi para a delegacia, onde o fato foi registrado .